Sábado, 25 de Outubro de 2014
fotos2

 COMO NOS ENCONTRAR?
 QUEM SOMOS?
 VOCÊ SABE O QUE É HOMOFOBIA?
 VOCÊ SABE O QUE SIGNIFICA GLBT?
 HOMOSSEXUALIDADE E DIREITOS HUMANOS
 O QUE É LESBOFOBIA?
 TELEFONES ÚTEIS
 INFORMAÇÕES PARA TRAVESTIS, TRANSSEXUAIS, TRANSGÊNEROS
 EVENTOS



Centro de Referência GLBT de Combate Homofobia

  Centro GLBT - INFORMAÇÕES PARA TRAVESTIS, TRANSSEXUAIS, TRANSGÊNEROS - Centro de Referência GLBT
DICAS PARA EVITAR A VIOLÊNCIA CONTRA HOMOSSEXUAIS
 
 
*      Se você é um (a) PROFISSIONAL do sexo não beba e nem use drogas nem antes nem durante o trabalho. Não roube. Não furte, não assalte, não minta para o cliente com informações sobre o seu tipo físico, ou sobre o que você faz; Não agrida o seu cliente o/a, seu/a cliente;
 
*      Se você for sair com um (a) profissional do sexo, verifique se é maior de idade, combine o preço, o tempo, o que a pessoa curte fazer no sexo. Saia com mínimo de dinheiro, sem cartões, celulares, jóias e diga exatamente o quanto você tem para pagar;
 
*      Evite levar desconhecidos ou garotos de programa para casa. Prefira fazer programas em hotéis, motéis e saunas;
 
*      Ninguém é obrigada a assumir que é Homossexual Bissexual ou Lésbica. Mas se você puder optar entre assumir ou não, ASSUMA. Desta forma você estará livre de chantagens, ameaças, extorsões e sofrimentos. Peça ajuda ao Centro de ReferênciaGLBT de Combate Homofobia;
 
*      Se o encontro for na sua casa, tranque a porta e esconda a chave. Não deixe armas, facas ou objetos perigosos à vista. Não confie nunca sua casa nas mãos de estranhos. A maioria dos assassinatos de Gays acontece nas casas das vítimas;
*      Não beba, não use drogas. Cuidado! Saiba que a bebida e a droga alteram sua percepção da realidade e deixa você fragilizada (o) para ações de marginais.
*      Se você perceber que algum GLBT - Gays, Lésbicas, Bissexuais, Transexuais, Travestis, Transgêneros são agredidos seja solidário, DENUNCIE, chama a polícia, peça ajuda as pessoas, entre em contato com o Centro de Referência de Combate a Homofobia–GLBT mais próximo;
*      Você poderá fazer denúncias anônimas para a polícia de Mato Grosso através do CIOSP 190 sobre os profissionais do sexo que roubam, assaltam, furtam ou humilham clientes;
 
 
 
COMO PROCEDER NOS CASOS DE VIOLAÇÃO DE DIREITOS?
 
  • Em todas as situações, dirija-se à Delegacia mais próxima. Ou chame a Polícia Militar e registre o fato junto à autoridade policial, fazendo o Boletim de Ocorrência – B.O., que é um procedimento obrigatório, tanto para você quanto para a delegacia;
 
  • Centros de Referência e Organizações de Homossexuais à Existem uma grande rede de organizações (ver site: www.abglt.org.br) especializadas em questões relativas aos homossexuais. Essas instituições podem ajudar com informações sobre seus direitos através da assessoria jurídica e apoio psicossocial;
 
  • Se a discriminação for cometida por policiais, anote o número da viatura e/ou nome de guerra do policial transgressor, quando possível. Logo em seguida, dirija-se ao Centro de Referência GLBT de Combate a Homofobia , à Ouvidoria de Polícia, ou ao  Ministério Público.
 
 
 
A cada um dia, um homossexual é assassinado no Brasil. A maioria das vitimas são Gays. São mortes violentas com requintes de crueldades. Tiros, facadas, torturas, desfacelamento de crânios, asfixia, espancamentos, pedradas e até castração. Apesar de tudo isso, é comum os acusados alegarem ter matado em defesa da honra. Não deixe que uma tragédia vil com essa aconteça com você. CUIDE-SE, E CUIDE DE SEUS AMIGOS, siga com atenção e saiba com evitar a violência anti-gays-lésbia-travestis e transgêneros.
Sistema de Protocolo
SESP - Secretaria de Estado de Segurança Pública

Secretaria de Estado de Segurança Pública
Centro Político Administrativo - Cuiabá - MT, CEP : 78.050-970
Telefone: (65) 3613-5500