Sexta-Feira, 18 de Abril de 2014
fotos2

 Histórico
 Legislação
 Estrutura
 Agenda/Eventos
 Notícias
 Endereços e telefones
 FALE CONOSCO
 Galeria de fotos
 Centro Socioeducativo



Secretaria Adjunta de Justiça
  Sec. Adj. Justiça - Notícias - Sejusp e TCE visitam presídio Central do Estado em Cuiabá -

 

 

O Secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), Diógenes Curado, e o Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Humberto Bosaipo, visitaram na manhã desta sexta-feira (19.03) o presídio Central do Estado (Pascoal Ramos), em Cuiabá.

Eles foram fazer uma vistoria numa nova edificação construída para abrigar reeducandos. A obra custou R$ 2.600.000,00 (Dois milhões e seiscentos mil reais) com recursos próprios da Sejusp. O prédio tem 48 celas, com capacidade para 12 detentos em cada uma. De acordo com o secretário Diógenes Curado, o local garante mais segurança ao agente penitenciário e dignidade ao reeducando. " Todo acesso ao preso é feito pela tranca aérea. Da parte de cima da cela, o agente libera o reeducando sem que haja contato físico entre ambos", disse.

Curado também destacou a presença do Tribunal de Contas no local. "É fundamental a fiscalização do Tribunal aqui nesta obra. Demonstra que nós estamos realizando melhorias com lisura, com transparência", garantiu.

Na visita que durou cerca de 40 minutos, Humberto Bosaipo viu de perto e ouviu dos técnicos da Sejusp e da Secrataria de Estado de Infraestrutura (Sinfra), responsável pela construção do prédio, as informações técnicas e funcionais da obra. O conselheiro elogiou os trabalhos e ficou impressionado com o novo método operacional das celas.

No ano passado, o presídio Central do Estado foi ampliado e garantiu a abertura de mais 312 vagas. O secretário Diógenes Curado ressaltou que a população carcerária de Mato Grosso em 2003 era de pouco mais de 3 mil reeducandos. Hoje, essa realidade é outra. O número de presos chega a cerca de 11 mil. A Secretaria de Justiça e Segurança Pública determinou a construção de quatro unidades prisionais no Estado. Os chamados CDP's (Centro de Detenção Provisório) funcionam como uma cadeia pública, mas com estrutura física e humana de penitenciária.

Recentemente foi inaugurado o Centro de Detenção Provisória de Tangará da Serra. O CDP tem capacidade para 152 reeducandos. Ainda este ano, estão previstos a inauguração de CDPs em Pontes e Lacerda e Juína, também com espaço para 152 presos. O Centro de Peixoto de Azevedo deve ter as obras iniciadas este ano e tem previsão de 256 vagas.

Em Rondonópolis, o presídio da Mata Grande também passou por ampliação e melhorias. No local, foi construído um anexo. A ampliação conta com mais de 24 celas com capacidade para 12 reeducandos cada, quatro salas de multiuso para atividades escolares e culturais, quatro celas para encontro íntimo e dois parlatórios (espaço onde os advogados atendem os clientes). Ao todo foram 2.480 metros de área construída e um orçamento utilizado de quase R$ 4 milhões.

Os reeducandos que estavam na cadeia pública da cidade foram transferidos para o novo anexo da Mata Grande. A cadeia já começou a receber serviços de infraestrutura para funcionar como unidade prisional feminina.

SESP - Secretaria de Estado de Segurança Pública

Secretaria de Estado de Segurança Pública
Centro Político Administrativo - Cuiabá - MT, CEP : 78.050-970
Telefone: (65) 3613-5500